PSG INFORMA

Comunicamos que, na noite de 19 de maio de 2011, serenamente, nossa amiga e poeta REVANIER VENÂNCIO fez sua passagem.

Durante longo período, foi uma frequentadora assídua e colaboradora dos eventos do Projeto Cultural POETA SAIA DA GAVETA. Entre os prêmios que recebeu, destacamos o Troféu Cecília Meirelles, pelo segundo lugar no Festival de Poesia do ISERJ - Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro. Era membro do SEERJ - Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro e da APPERJ - Associação Profissional de Poetas no Estado do Rio de Janeiro. Seu poema "Cantata" foi muisicado pelo compositor Maury Sant'Ana, sob o título "Gorjeia, sabiá". Participou de inúmeras antologias, inclusive as organizadas pela Oficina Editores. Lançou, por esta editora, seu livro solo "ESPINHA DORSAL".

Interessante transcrever um trecho do Prefácio de ESPINHA DORSAL:

"A morte não é vista como o fim. "Não gosto de pensar na morte, / viver no compasso da espera.", diz em (e com) "Convicção". Talvez, por isso não haja tanta ênfase a esse respeito. Mas costurando dois poemas __ "Impressão" e "Metamorfose" __, temos que, "Quando o tempo fugidio / deslizar na cachoeira / (...) / nuvens pesadas buscarem / sobre mim a letargia...", "Quando eu for poeira levada / dispersa pela Zona da Mata", "Renascerei LUZ" e "escreverei, em repouso, / versos além do invisível, / com o estigma do amanhã"." (por Teresa Drummond)


Brilhe, Revanier, entre suas "miríades de estrelas" que "numa desorganização fantástica" regem "a sinfonia de grilos e sapos". (de seu poema "Movimento serrano")

Um comentário:

Sandra disse...

Agradeço, em meu nome e de minha família, ao modo carinhoso como os poetas do PSG homenagearam nossa mãe no dia de ontem.
Acalentou a nossa alma saudosa, ouvir os poemas por ela escritos de forma tão prazerosa, declamados com igual entusiasmo por vocês.
Em especial. a Teresa Drummond, Sergio Gerônimo e Luiz Otávio, por quem ela devotava enorme carinho; figuras ímpares em sua vida,do qual tinha muito orgulho em ser amiga. Um grande abraço Sandra Venancio